Notícias

Compartilhe
delicious twitter blog tumblr facebook orkut
Indique a um amigo
03/07/2012 Carnes vermelhas voltam a roubar a cena

Carnes vermelhas voltam a roubar a cena


Aprenda a escolher o tipo de carne ideal para cada tipo de prato com as dicas do  Restaurante Figueira


O brasileiro realmente é um apaixonado por churrasco, para se ter ideia, em 2011, cada pessoa no país consumiu 38,1 quilos de carne bovina, segundo dados da Companhia Nacional de Abastecimento.

            O que muitos não sabem é que um corte bem feito faz toda a diferença na hora de saborear uma carne suculenta.

O restaurante Figueira, especializado em carnes nobres assadas em fogo a lenha dá algumas dicas. Quem for ao restaurante pode apreciar desde os clássicos Picanha e Filé Mignon até o especial T-Bone.

Mas, para quem é cozinheiro de primeira viagem e quer se arriscar na cozinha, elaboramos uma lista especial com os principais cortes e para quais pratos servem. Confira abaixo:

 

Noix: Também conhecido como filé de costela ou entrecot. Quando este corte é apresentado com osso, pode ser conhecida como bisteca ou chuleta. É um corte de carne muito saborosa, suculenta e macia, possui fibras mais longas e abertas. Ideal para o preparo para churrasco ou na grelha.

 

Bife de chorizo: Este corte é a melhor parte do contra-filé. É uma carne macia, de sabor acentuado e que por sua camada de gordura na lateral mantém a umidade da carne. Ideal para bifes de chapa, estrogonof, grelhados, rosbife, medalhões, churrasco, grelha e assados.

 

Filé Mignon: Talvez o mais famoso corte de carne no Brasil. Macio e suculento, o mignon pode ser grelhado, cozinho, assado ou mesmo frito. Em qualquer destes tipos de preparo o prato ficará delicioso.

 

Miolo de Alcatra: Possui fibras curtas e relativa maciez, o que garante uma carne muito saborosa. É uma ótima opção para preparar receitas especiais no dia a dia ou mesmo para fazer um churrasco especial.

 

Picanha: É um corte nobre tipicamente brasileiro. A sua capa de gordura lateral é característico deste corte e torna a carne macia e suculenta. Ideal para ser assada inteira, preparada em bifes, ou em tiras para churrasco, o resultado será excelente em qualquer tipo de preparo.

 

T-Bone: É um corte especial de lombo, feito através de secções transversais do músculo com osso. O T-bone tem parte final do contrafilé de um lado do osso e a parte central do filé mignon do outro. Também conhecido como Tibone ou T. Bone. É uma carne muito saborosa, macia e entremeada de gordura. Fica ótima em bifes e churrascos, preparado na grelha.

 

Coxão Duro: Carne grande, com fibras alongadas e consistência firme. Corte envolvido por uma capa de gordura. Para cozimento demanda um tempo maior e é ideal para preparar carne de panela. Também pode ser moído e utilizado como recheio.

 
Coxão Mole: Músculo arredondado, com fibras curtas e consistência macia. Excelente para o preparo de assados, grelhados, bifes finos, à milanesa e até moído. 


Lagarto: Carne de coloração mais clara, formato arredondado e alongado. Magro, com fibras longas e pouca gordura, o lagarto precisa de mais tempo de cozimento para ficar macio. Ideal para preparo de carne de panela, assados e rosbife. Acompanha molhos mais encorpados e também serve como carne de panela.

 

Maminha: Este  corte tem sabor suave e textura macia. É muito apreciada em churrascos, além de assados, grelhados e como carne de panela. Para quem gosta de carne bem passada, essa é a melhor opção.

 

(0) Comentários
Não existem comentários
Faça seu comentário
<< voltar para notícias

newsletter

Receba nossas notícias por E-mail!
Assinar
Cancelar Assinatura

Últimos vídeos

Restaurante Figueira
Ver mais!
Trip AdvisorFacebook
Rua Mariana Bronemann, 527 - Velha - Blumenau - SC - fone: (47) 3035-3710
Horário de funcionamento: de terça a sexta - a partir das 18:30, sábado a partir das 19h00 e domingos - das 11:30 às 14:45